Icelandair propõe-se comprar 51% da Cabo Verde Airlines

30 July 2018

A companhia Icelandair apresentou já uma proposta para a compra de 51% da transportadora aérea de bandeira de Cabo Verde, anunciou o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, que garantiu que a Cabo Verde Airlines (TACV) vai ser privatizada como previsto.

O primeiro-ministro, em discurso sobre o estado da nação, disse que, uma vez terminado o contrato de um ano com a Icelandair, “passou-se à fase seguinte, que é a negociação para a privatização”, segundo a agência noticiosa Inforpress.

Ulisses Correia e Silva adiantou que outra companhia poderá começar a operar nos transportes aéreos inter-ilhas, tendo havido já manifestação de interesse nesse sentido, ressalvando que, apesar de contratempos, o seu governo está centrado no objectivo de dotar o país de um “bom sistema de transportes.”

“A gestão dos aeroportos será entregue em concessão e a Cabo Verde Handling privatizada, enquadrada na estratégia de criação de uma plataforma aérea e de desenvolvimento do sector dos transportes aéreos, incluindo investimentos em aeroportos como o da Praia, Santo Antão e Maio”, indicou, acrescentando que as pistas dos aeroportos de São Filipe e da Boa Vista serão iluminadas.

Em Setembro, segundo o primeiro-ministro, será lançado um concurso para a concessão de linhas de transportes marítimos inter-ilhas, com investimentos em barcos e regulação do sector que terá um “forte impacto” na dinamização da economia das ilhas. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH