Angola regista em Julho a taxa mais baixa de inflação homóloga desde Fevereiro de 2016

17 August 2018

A inflação homóloga em Angola registou em Julho o mais baixo valor desde Fevereiro de 2016 com uma taxa de 19,01%, tendo a variação mensal dos preços, com uma taxa de 1,25%, sido a segunda mais baixa do ano, informou quinta-feira em Luanda o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O INE salientou que a taxa de variação homóloga registou uma redução de 8,28 pontos percentuais comparativamente à observada no mês homólogo de 2017 (27,29%) e de 14,71 pontos percentuais relativamente a Julho de 2016 (33,72%).

A nota sobre a evolução do Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN), que mede a variação dos preços em todo o território nacional, revela que os maiores aumentos em Julho registaram-se as províncias de Malanje (3,11%), Bengo (1,89%), Cunene (1,75%) e Uíge (1,58%), enquanto os menores ocorrerem na Lunda Sul (0,76%), Cuando Cubango (0,81%), Namibe e Cabinda (ambos com 0,88%).

A inflação homóloga foi influenciada pelos aumentos verificados na classe de despesa Vestuário e Calçado, com 2,11%, destacando-se também as subidas dos preços nas classes Bens e Serviços Diversos (1,63%), Saúde (1,61%) e Lazer, Recreação e Cultura (1,57%). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH