Chineses da SEPCO1 finalizam linha de transmissão de alta tensão no Brasil

24 August 2018

A Shandong Electric Power Construction Corporation 1 (SEPCO1) da China deverá concluir em Fevereiro de 2019 a construção da segunda linha de transmissão de alta tensão entre a central hidroeléctrica de Belo Monte no Estado do Pará e o Rio de Janeiro,  no Brasil numa extensão de 2.550 quilómetros, segundo escreve a agência Xinhua.

Trata-se da maior linha de transporte de energia de alta tensão do mundo.

A SEPCO1 está a trabalhar ao mesmo tempo em duas linhas uma no Estado de Minas Gerais e a outra no Estado de Tocantins, num projecto denominado Bipolo II, cujo prazo de conclusão estava marcado para finais de Maio.

O Bipolo II de Belo Monte vai escoar energia do rio Xingu, no Pará, para a região Sudeste, até o município de Nova Iguaçu no Rio de Janeiro.

A antecipação do fim dos trabalhos deve-se, segundo Aldo Camargo director do projecto de uma das linhas de transmissão de energia,  ao facto da boa cooperação entre trabalhadores brasileiros e chineses.

A construção das linhas começou em Agosto de 2017 depois da chinesa State Grid Brazil Holdings ter recebido em Julho de 2015 a concessão para a linha de transmissão avaliada em 988 milhões de reais.

A State Grid já havia saído vencedora do leilão da primeira linha de transmissão de Belo Monte, para a região Sudeste. Na ocasião, a empresa participou com 51% em consórcio com Furnas Centrais Elétricas (com participação de 24,5%) e Eletronorte (24,5%).

A State Grid é uma estatal chinesa que está no Brasil desde 2010, quando adquiriu sete companhias nacionais de transmissão de energia.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH