Brasil e China discutem comércio e investimentos para 2018 e 2019

29 August 2018

Uma delegação do governo da China esteve segunda-feira no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) do Brasil, em Brasília, para discutir assuntos relacionados com a agenda bilateral de comércio e investimentos para 2018 e 2019.

No encontro entre o ministro da Indústria e Informação Tecnológica da China, Miao Wei e a ministra interina do MDIC, Yana Dumaresq foi debatida a Agenda Brasileira para a Indústria 4.0, investimentos, e programação de reuniões bilaterais para 2019, quando o Brasil presidir aos Brics.

Indústria 4.0 é o termo aplicado às tecnologias e conceitos da organização da cadeia de valor. No interior das fábricas inteligentes e modulares da Indústria 4.0, sistemas ciber-físicos (CPS) monitoram processos, criam uma cópia virtual da realidade e tomam decisões descentralizadas.

A China é o principal parceiro comercial do Brasil.

Em 2017, o Brasil exportou para a China o equivalente a US$ 47 mil milhões e importou do mercado chinês, US$ 27 mil milhões, o que resultou num saldo positivo de mais de US$ 20 mil milhões para o Brasil.

De Janeiro a Julho de 2018, as exportações para a China já representam US$ 36 mil milhões e as importações brasileiras atingem os US$ 19 mil milhões, o que representa um saldo comercial positivo para o Brasil de US$ 17 mil milhões.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH