Construção da barragem de Mpanda Nkuwa, em Moçambique, é prioridade para a Hidroeléctrica de Cahora Bassa

29 August 2018

O Presidente do Conselho de Administração da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), Pedro Couto, empresa que integra o consórcio responsável pela construção da barragem de Mpanda Nkuwa, em Tete, disse que o arranque do empreendimento é prioridade da empresa.

O consórcio Hidroeléctrica de Cahora Bassa e Electricidade de Moçambique (HCB/EDM) é responsável pelo projecto de construção da  barragem de Mpanda Nkuwa.

Couto disse que as atenções vão ser postas em Mpanda Nkuwa em detrimento do projecto de construção da central norte da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, na província de Tete, baptizado por HCB-norte, que “está congelado, por um tempo indeterminado.”

“A barragem de Mpanda Nkuwa enquadra-se na vertente de expansão dos nossos negócios”, referiu

“HCB-norte é um projecto antigo de expansão das nossas infra-estruturas, mas terá que esperar uma outra oportunidade para avançar. Estamos agora concentrados com Mpanda Nkuwa”,disse ainda Pedro Couto que falava por ocasião do anúncio dos resultados da HCB.

A Hidroelétrica de Mpanda Nkuwa, será erguida sobre rio Zambeze, na província central de Tete. O custo inicial das obras está estimado em 2,3 mil milhões de dólares.

O empreendimento terá uma capacidade de produzir, inicialmente, 1500 megawatts de energia eléctrica.(Macauhub)

 

 

MACAUHUB FRENCH