Angola compra mais 10 locomotivas para servir na província de Luanda

4 September 2018

O consórcio constituído pelas empresas Andrade Gutierrez e Zagope Angola vai fornecer 10 locomotivas a gasóleo ao abrigo de um contrato de 169,37 milhões de dólares assinado com o Instituto Nacional dos Caminhos de Ferro de Angola (INCFA), escreveu a agência noticiosa Angop.

O contrato, que estipula a prestação de assistência técnica durante dois anos às 10 locomotivas provenientes da Alemanha e China,  foi assinado pelo director-geral adjunto do INCFA, Aimé Tombuele, e pelo director da Andrade Gutierrez, Júlio Oliveira, tendo sido testemunhado pelo ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu.

As referidas locomotivas vão circular no troço Bungo/Baía, na província de Luanda, ao serviço dos Caminhos-de-Ferro de Luanda, tendo Júlio Oliveira afirmado tratar-se de equipamentos modernos e bidireccionais, com quatro carruagens, sendo duas automotoras e outras transportadoras, com uma velocidade máxima de 100 km/hora.

No âmbito do processo de reconstrução e modernização dos caminhos-de-ferro de Angola, o governo adquiriu, desde 2007, 102 locomotivas novas, sendo 23 da China e 79 da General Electric, dos Estados Unidos da América.

No decurso da cerimónia, o embaixador de Espanha em Angola, Manuel Rui Gómez, anunciou ter o seu país concedido um financiamento de 97 milhões de euros para a construção das oficinas para a manutenção destas locomotivas.

Localizadas em Catete, município de Icolo e Bengo, província de Luanda, as oficinas levarão dois anos a ser construídas, indo, quando concluídas, permitir a criação de mais 100 postos de trabalho. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH