Banco Moza adquire totalidade do capital do Banco Terra de Moçambique

4 September 2018

O banco Moza, pertencente ao Fundo de Pensões do Banco de Moçambique (Kuhanha), adquiriu na totalidade o capital social do Banco Terra, anunciou o banco em comunicado divulgado segunda-feira em Maputo.

O comunicado afirma concretamente ter a instituição efectuado dia 24 de Agosto passado uma oferta para aquisição da totalidade do capital social do Banco Terra, ao abrigo de uma operação estruturada que inclui, além da referida aquisição, a posterior fusão entre o Moza Banco e o Banco Terra.

“Esta operação visa reforçar a instituição resultante de uma capacidade reforçada para servir o mercado em geral” e os “diferentes sectores económicos” do país, refere o Moza, esclarecendo que os accionistas estão a concretizar os trâmites legais por forma a formalizar a transacção.

A administração do Moza anunciou em Fevereiro passado que a sociedade financeira Arise, constituída por dois bancos holandeses e pelo fundo soberano da Noruega, ia passar a ser accionista do banco numa operação que previa que o Moza adquirisse o Banco Terra, instituição participada pela Arise Fund em Moçambique.

Na semana passada, a Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), de Portugal,  informou ter a sua participada Montepio Holding acordado a venda da participação no Banco Terra de Moçambique à sociedade financeira Arise, ao abrigo da redefinição estratégica das suas participações internacionais.

O comunicado adiantava que com a venda de 45,78% do capital social do Banco Terra, o grupo Caixa Económica Montepio Geral deixa de deter qualquer participação na instituição financeira de direito moçambicano e cuja posição remonta a 2012. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH