Vale Moçambique vende 600 toneladas de carvão por ano à Cimentos de Maiaia

5 September 2018

A empresa moçambicana Cimentos de Maiaia vai comprar 600 toneladas de carvão térmico por ano à Vale Moçambique, subsidiária do grupo brasileiro Vale que explora depósitos de carvão mineral em Moatize, província de Tete, disse o director-executivo da empresa.

Chunjie Gou, citado pelo jornal moçambicano O País, disse que numa numa primeira fase a empresa irá comprar a tonelagem mencionada e acrescentou esperar que no final do primeiro ano de contrato seja possível aumentar a quantidade de carvão adquirido à Vale Moçambique.

O carvão térmico a adquirir pela cimenteira inaugurada há três meses na zona económica especial de Nacala-Porto vai permitir, segundo o director-geral, reduzir os custos de produção do cimento.

Além de deter a maior concessão de carvão mineral em Moçambique, mais concretamente no distrito de Moatize, província de Tete, centro do país, a Vale Moçambique opera igualmente o CLN, uma linha de caminho-de-ferro de 912 quilómetros, que liga Moatize ao porto de Nacala, na província de Nampula, norte. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH