Macau vai reforçar papel de plataforma no âmbito da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau

6 September 2018

O secretário para a Economia e Finanças de Macau, Leong Vai Tac disse quarta-feira em Cantão que, no âmbito do projecto da Grande Baía Guangdong – Hong Kong – Macau, a região administrativa vai reforçar o seu papel como “Centro Mundial de Turismo e Lazer” e estimular iniciativas relacionadas com a “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa.”

Leong Vai Tac falava durante a Reunião Conjunta das Lideranças Executivas de 2018 que se realiza no contexto da Cooperação Regional do Pan-Delta do Rio das Pérolas (PPRD) e que levou a Cantão responsáveis de oito províncias chinesas (Fujian, Guangdong, Guizhou, Hainão, Hunan, Jiangxi, Sichuan e Yunnan), das duas regiões administrativas especiais (Macau e Hong Kong) e da região autónoma (Guangxi Zhuang) e em que participam também dirigentes da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau e de nove cidades da província de Guangdong (Dongguan, Foshan, Cantão, Huizhou, Jiangmen, Shenzhen, Zhaoqing, Zhongshan e Zhuhai).

O secretário para a Economia e Finanças disse que no que se refere ao papel de Macau como “Centro Mundial de Turismo e Lazer” será dada prioridade à sua transformação num centro de educação e formação turística de qualidade dentro da Grande Baía e será facilitada a cooperação e intercâmbio das províncias e regiões do PPRD, também conhecido como “9+2”, com os países de língua portuguesa.

Leong Vai Tac, na sua intervenção, garantiu que no âmbito da iniciativa “Faixa e Rota” Macau irá potenciar as suas vantagens relacionadas com a ligação estreita que mantém com os países de língua portuguesa, o Sudeste Asiático e a União Europeia, aproveitando plenamente a rede de cooperação com as organizações internacionais e o papel de intermediário desempenhado pelos chineses ultramarinos em Macau.

O secretário adiantou que, com vista a melhorar a qualidade de vida da população de Macau, o governo empenhar-se-á em promover a interligação das políticas nas áreas da educação, cultura, cuidados de saúde e outros campos do PPRD, com vista à construção conjunta de uma comunidade com boa qualidade de vida nos sectores da habitação, emprego e turismo.

O comunicado oficial adianta ter Leong Vai Tac recordado que, por forma a dar resposta às Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong – Hong Kong – Macau, o Governo de Macau criou a Direcção dos Serviços de Estudo de Políticas e Desenvolvimento Regional, responsável por impulsionar e pôr em prática os assuntos relativos à construção da Grande Baía e os projectos de cooperação do PPRD e brevemente criará um plano global de acção e um mecanismo de coordenação de alto nível. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH