Empresa dos EUA avalia viabilidade de central solar em Moçambique

7 September 2018

A empresa norte-americana HDR International foi seleccionada para realizar um estudo de viabilidade económica para a construção de um projecto de energia solar em Moçambique, informou a imprensa da especialidade.

O estudo, contratado pela empresa moçambicana WHN Solar, permitirá avaliar a viabilidade da construção de uma central solar com uma potência máxima de 100 megawatts, a ser erguida em incrementos de 20 a 40 megawatts.

A central solar ficará localizada no Aeroporto Internacional de Nacala, província de Nampula, passando a ser a maior existente em Moçambique quando atingir a potência máxima prevista.

Uma das características fundamentais deste projecto é uma instalação de armazenagem de energia com uma capacidade máxima de 50 megawatts que ficará adjacente à central solar.

A empresa moçambicana WHN Solar recebeu uma doação de 1,2 milhões de dólares da Agência dos Estados Unidos para o Comércio e Desenvolvimento (USTDA, na sigla em inglês), ao abrigo de um acordo assinado em Agosto passado.

O banco africano de investimento Fieldstone dará apoio à WHN Solar no que se relaciona com o financiamento da USTDA, havendo outras empresas americanas, caso da Marathon Engineering, que prestarão apoio em termos de engenharia e sondagens geo-técnicas, bem como aconselhamento legal.

Este projecto enquadra-se no programa do governo de Moçambique de garantir acesso universal a energia eléctrica até 2030. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH