Angola adere ao Sistema REX da União Europeia

11 September 2018

Angola aderiu em Julho de 2018 ao Sistema do Exportador Registado (REX), mecanismo de certificação de origem das mercadorias que permite às empresas angolanas exportar para o mercado europeu em condições preferenciais, escreveu o Jornal de Angola.

Um relatório apresentado ao Conselho Consultivo do Ministério do Comércio realizado em Junho, em Ndalatando, dava conta de iminência da adesão, ocorrência que foi confirmada pela chefe adjunta para a Cooperação da Representação da União Europeia em Angola.

Marta Brites confirmou a adesão e adiantou ser do interesse de Angola e dos produtores angolanos a adesão ao Sistema REX “para facilitar as exportações para o nosso mercado.”

A diplomata notou que anteriormente Angola exportava apenas petróleo para o mercado único europeu, “enquanto hoje em dia aposta na diversificação da oferta de produtos, assumindo o Sistema REX uma importância enorme para o desenvolvimento sócio-económico do país.”

“Qualquer país interessado em exportar mercadorias para o mercado europeu deve aderir ao Sistema REX”, sublinhou Marta Brites.

O Sistema do Exportador Registado, ou Sistema REX, é o sistema de certificação de origem das mercadorias que se aplica ao Sistema Preferencial Generalizado da União Europeia desde 1 de Janeiro de 2017.

Este sistema baseia-se no princípio de auto-certificação pelos operadores económicos que, para poderem emitir os certificados, têm de estar registados numa base de dados mantida pelas autoridades competentes. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH