Macau e Fujian defendem reforço da cooperação durante fórum em Xiamen

11 September 2018

A cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa e as oportunidades que Macau criou para negócios e parcerias devem ser aproveitadas e exploradas conjuntamente, disse em Xiamen o presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM).

Jackson Chang, que falava para 150 participantes no fórum para a cooperação na área de investimentos entre Macau e a província de Fujian, disse ainda que Macau e Fujian devem explorar em conjunto as oportunidades que existem ao nível da cooperação económica, comercial e financeira, de modo a apoiar as empresas a atraírem investimentos e a expandirem-se para o exterior.

Ainda no decurso do fórum, que teve lugar por ocasião da 20.ª Feira Internacional de Investimento e Comércio da China, que se realizou em Xiamen entre 6 e 9 de Setembro, o sub-director do Departamento de Comércio da província, Zhong Muda, disse que Macau, sendo um importante local na nova Rota Marítima da Seda, deve ser aproveitado como plataforma para a cooperação económica e comercial entre a China e os países de língua portuguesa.

“Macau tem uma vantagem única no aprofundamento da cooperação com a ASEAN e com os países de língua portuguesa. No futuro, continuaremos a incentivar as empresas da província a procurarem financiamento externo e investimento em fundos industriais através da plataforma de Macau”, disse.

Macau esteve presente na feira com um pavilhão que realçava o papel da Região Administrativa Especial como plataforma entre a China e os países de língua portuguesa e o facto do território ser um excelente centro para convenções e exposições e uma base para expansão da medicina tradicional chinesa.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH