Syrah Resources angaria mais capital para projecto em Moçambique

13 September 2018

A Syrah Resources vai proceder a uma emissão de acções ordinárias reservada a accionistas a fim de angariar capital para aplicação no projecto de grafite em Cabo Delgado, Moçambique, informou a empresa australiana em comunicado.

“O Plano de Compra de Acções permite a accionistas elegíveis comprarem acções ordinárias” em condições específicas, “de maneira a que a empresa angarie 14 milhões de dólares australianos (9,8 milhões de dólares)”, lê-se numa carta assinada por Jim Askew, director-geral da Syrah.

A empresa anunciou dia 4 de Setembro uma emissão de acções reservada a investidores institucionais e profissionais que obter obter um encaixe de 94 milhões de dólares australianos (68 milhões de dólares).

O comunicado divulgado nessa ocasião adiantava que 30 milhões de dólares seriam aplicados no projecto moçambicano de Balama, 25 milhões de dólares numa fábrica nos Estados Unidos que vai transformar a grafite extraída em matéria-prima a ser vendida aos produtores de baterias e 11 milhões de dólares para financiar os custos gerais da empresa, nomeadamente administrativos.

Os restantes 2 milhões de dólares seriam utilizados no financiamento de um estudo que tem por objectivo proceder a uma avaliação dos recursos de vanádio existentes na concessão mineira de Balama.

A Syrah Resources está envolvida num projecto de extracção de grafite em Balama, Cabo Delgado, norte de Moçambique, que desde o início da exploração e processamento em Novembro de 2017 produziu mais de 160 mil toneladas de grafite, grande parte da qual foi já exportada através do porto de Nacala, na província de Nampula. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH