Empreiteiros de Moçambique abandonam mais de 800 obras públicas

18 September 2018

Mais de 800 obras públicas foram abandonadas por empreiteiros em Moçambique e vários gestores públicos serão criminal e disciplinarmente responsabilizados pela situação, afirmou a ministra da Administração Estatal e Função Pública.

Carmelita Namashulua, citada pelo matutino Notícias, de Maputo, disse que o Estado está a ser lesado pelo abandono das obras, uma vez que pagou a totalidade dos orçamentos apresentados pelos empreiteiros.

A ministra precisou que o abandono de obras está relacionado com a falta de capacidade dos empreiteiros e com a violação dos princípios que devem orientar a adjudicação por parte de gestores públicos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH