Primeiro entreposto florestal começa a ser construído em Angola

18 September 2018

O primeiro de seis entrepostos que vão ser construídos em Angola para fiscalizar as actividades de exploração de madeira começou segunda-feira a ser edificado no Luena, província do Moxico, com a cerimónia de lançamento da primeira pedra, segundo a agência noticiosa Angop.

A cerimónia contou com a presença do secretário do Estado para a Agricultura e Pecuária, Carlos Alberto Jaime Pinto, que, sem adiantar os custos e o tempo de duração da obra, disse que a edificação do entreposto trará benefícios à província e ao país em geral, devido à maior fiscalização na exploração e comercialização da madeira.

Em Agosto passado, o secretário de Estado para os Recursos Florestais, André Moda, anunciou a construção de seis entrepostos de produtos florestais para receber toda a produção nacional de madeira, tanto a proveniente das concessões como a das unidades semi-industriais.

“Após a construção e entrada em funcionamento dos entrepostos, nenhum produto florestal destinado à exportação poderá sair sem antes passar por uma dessas estruturas, para efeitos de fiscalização e certificação pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal, Administração Geral Tributária, Comércio e Polícia Fiscal”, disse.

Os seis entrepostos serão construídos em Catete (Luanda) e Caxito (Bengo), que são prioritários devido à proximidade com o porto de Luanda, no Luena (Moxico), Menongue (Cuando Cubango) e nas cidades de Cabinda e de Benguela.

A nova legislação para o sector madeireiro prevê que nas operações de exportação passa a ser obrigatória a apresentação de uma carta de crédito ou comprovativo de transferência emitida por um banco no exterior a favor da conta do exportador, em banco domiciliado em Angola. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH