Chinesa SEPCO3 decide até 30 de Novembro investimento em empresa a operar em Moçambique

3 October 2018

As empresas irlandesa Kibo Energy e chinesa SEPCO3 acordaram alargar até 30 de Novembro próximo o prazo para que esta última empresa decida sobre uma ou mais investimentos no capital social da primeira, segundo um comunicado.

Em 3 de Julho, a Kibo Energy ter chegado a um acordo de desenvolvimento estratégico com a SEPCO3, uma grande empresa de construção civil no sector da energia, nomeadamente nos projectos em Moçambique.

O acordo assinado estabelecia que a SEPCO3 iria proceder a um investimento e duas fases no capital social da Kibo Energy, apoiando em simultâneo a estratégia e a posição no mercado africano da empresa irlandesa.

O comunicado agora divulgado adianta ter-se chegado a acordo quanto ao alargamento do prazo, tendo em atenção que os processos internos de aprovação de investimentos da empresa chinesa não podem ser alcançados até dia 30 de Setembro, data em que todas as condições, incluindo as necessárias aprovações, teriam de estar reunidas.

A Kibo Energy, anteriormente Kibo Mining, empresa cotada nas bolsas de Londres e de Joanesburgo, anunciou em Junho passado ter concluído os preparativos para a constituição de uma parceria com a empresa Termoeléctrica de Benga para o desenvolvimento de um projecto independente de produção de energia eléctrica na província de Tete, centro de Moçambique. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH