FMI melhora previsões para economia de Timor-Leste em 2018

15 October 2018

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu em alta as previsões sobre a economia de Timor-Leste e prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero em 2018 possa crescer este ano 0,8%.

O Fundo reviu contudo em baixa as contas sobre 2017, quando a economia contraiu 4,6%.

No “Regional Economic Outlook” para a Ásia e Pacifico o FMI mostra-se mais optimista do que em Abril face ao comportamento em 2019, quando prevê um crescimento de 5%.

No relatório de Abril o FMI fixava o recuo da economia no ano passado em 4,1%, agravando agora a contração em cinco pontos percentuais, para -4,6%, melhorando a previsão para 2018 que era de um recuo de 2% para um crescimento de 0,8%.

Segundo o FMI a inflação foi em 2017 de 0,6%, muito abaixo da média dos países emergentes da Ásia (que foi de 3%), devendo subir para 1,8% este ano e 2,7% em 2019.

0 FMI diz ainda que o saldo geral do Estado em 2017 foi de -19,5% do PIB (quase quatro vezes mais que a média do grupo de países produtores de petróleo).

Esse valor, que foi de -35% em 2016, deverá descer para -17,1% este ano – com o investimento do Estado a permanecer reduzido – voltando a crescer para -27,8% em 2019.

As receitas não petrolíferas equivalem a cerca de um terço do PIB, valor que é mais do triplo da média entre países produtores de petróleo. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH