Angola coloca em leilão blocos de prospecção petrolífera em 2019

29 October 2018

O governo de Angola deverá colocar em leilão novos blocos para prospecção petrolífera em 2019, anunciou o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo.

O ministro, citado pela agência noticiosa Angop, adiantou que os blocos a serem levados a leilão são tanto em terra como no mar, sendo que em terra serão nas bacias dos rios Congo, Namibe e Cunene.

No decurso de um encontro com a imprensa para falar das principais estratégias do sector para os próximos anos, Diamantino Azevedo, alertou, contudo, que os resultados dessas licitações poderem levar até sete anos a serem visíveis.

O ministro informou igualmente que o Ministério das Finanças vai privatizar 54 empresas subsidiárias da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) que não fazem parte do negócio centrl da petrolífera angolana.

A petrolífera tem cerca de 29 empresas na Zona Económica Especial (ZEE) e outros negócios dentro e fora do país, alguns dos quais, sublinhou o governante, apenas trazem prejuízos à empresa.

Além desse passo para a privatização das subsidiárias, é também pretensão do sector dos Recursos Minerais e Petróleos a venda de parte do capital a privados.

“As iniciativas de privatização, segundo Diamantino Azevedo, estão inseridas num plano de regeneração da empresa, que está em fase de conclusão.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH