Grupo indiano aplica capital em projecto de gás natural em Moçambique

30 October 2018

O grupo estatal indiano Bharat Petroleum Corporation Ltd (BPCL) vai aplicar 800 milhões de dólares num projecto de gás natural em Moçambique no qual detém uma participação de 10%, disse uma fonte do grupo.

Um administrador do grupo disse ao suplemento BusinessLine do jornal indiano The Hindu que o montante a ser aplicado decorre do facto de os investimentos necessários para desenvolver o projecto estarem estimados em cerca de 20 mil milhões de dólares.

“Estimamos que uma parcela entre 33% a 37% desse montante seja representada por capital e o restante por dívida, pelo que a nossa participação de 10% irá exigir um aplicação de capital estimada nos mencionados 800 milhões de dólares”, disse.

A fonte do grupo disse igualmente esperar que a decisão final de investimento seja tomada em 2019, ou no primeiro ou no segundo semestre, tendo adiantado estar o consórcio actualmente numa fase avançada das negociações com diversos compradores, incluindo o próprio grupo indiano, para garantir a comercialização de nove milhões de toneladas de gás por ano.

“Estas negociações deverão ficar concluídas no final do ano ou no princípio de 2019”, disse a fonte.

Integram o consórcio que explora o bloco Área 1 a Anadarko Moçambique Área 1, Ltd, uma subsidiária controlada a 100% pelo grupo Anadarko Petroleum, com uma participação de 26,5%, a ENH Rovuma Área Um, subsidiária da estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%, Mitsui E&P Mozambique Area1 Ltd. (20%), ONGC Videsh Ltd. (10%), Beas Rovuma Energy Mozambique Limited (10%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%), and PTTEP Mozambique Area 1 Limited (8,5%). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH