Angola gasta 100 mil milhões de dólares em infra-estruturas entre 2002 e 2015

1 November 2018

O governo de Angola despendeu cerca de 100 mil milhões de dólares na construção de infra-estruturas entre 2002 e 2015, disse terça-feira em Luanda o ministro da Economia e Planeamento.

O ministro Pedro Luís da Fonseca adiantou que não obstante o elevado montante de capital aplicado em infra-estruturas, como estradas, caminhos-de-ferro, pontes, escolas e hospitais, tal não foi suficiente para que o país pudesse subir diversos lugares no Índice de Competitividade.

Ao referir-se ao Plano de Desenvolvimento Nacional (PND) 2018-2022, apresentado terça-feira, em Luanda, aos deputados à Assembleia Nacional, disse que o mesmo vem corrigir a sustentabilidade das infra-estruturas para que o país possa subir no referido índice nos próximos tempos.

Citado pela agência noticiosa Angop, o ministro recordou que o índice de desenvolvimento humano já alcançado fez com que Angola tenha ascendido à categoria de país de rendimento médio.

Pedro Luís da Fonseca salientou, no entanto, ser necessário ajustar a despesa pública à receita fiscal, atendendo à situação financeira que o país vive, “para permitir que Angola possa rumar à estabilidade necessária para promover o crescimento económico.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH