China vende mercadorias no valor de 7,9 milhões de dólares a São Tomé e Príncipe

As exportações da China para São Tomé e Príncipe atingiram o valor de 7,9 milhões de dólares de Janeiro a Setembro do ano em curso, disse terça-feira à agência Macauhub em São Tomé uma fonte do Instituto Nacional de Estatística (INE).

A mesma fonte disse que as importações de produtos da China representaram 7,0% das compras de São Tomé e Príncipe ao estrangeiro, que nos primeiros três trimestres do ano se cifraram em 112,8 milhões de dólares.

Os dados provisórios fornecidos pelo INE indicam que a China vendeu a São Tomé e Príncipe cerca de 3189 toneladas de produtos diversos com um registo de valor em dobras (moeda são-tomense) equivalente a cerca de 7,9 milhões de dólares entre Janeiro e Setembro de 2018.

São Tomé e Príncipe importou da China produtos como hortaliça (cerca de 95 mil dólares), massa de tomate e similares (cerca de 61 mil dólares), produtos químicos (46 mil), doces e frutos (45 mil dólares), entre outros.

Operadores económicos em São Tomé e Príncipe admitem que as exportações da China para o mercado são-tomense venham a aumentar de forma significativa este ano, devido ao donativo chinês de 146 milhões de dólares ao abrigo do acordo geral de cooperação assinado em Abril de 2017 último entre os dois países.

São Tomé e Príncipe passou a fazer parte do Fórum de Macau no final de Março de 2017 após os dois países terem restabelecido relações diplomáticas, depois de o governo do arquipélago ter reconhecido a República Popular da China em detrimento de Taiwan.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH