Angola conta com a ajuda dos empresários de Portugal para diversificar a economia

23 November 2018

O Presidente de Angola, actualmente de visita oficial a Portugal, desloca-se hoje ao Porto, cidade do norte do país, onde participará num encontro entre empresários angolanos e portugueses, segundo a agenda oficial.

O encontro, uma conferência subordinada ao tema “Angola: que mudança”, para o qual são aguardados algumas dezenas de empresários dos dois países, deverá centrar-se na necessidade manifestada por Angola de diversificar a sua actividade económica, actualmente centrada no petróleo e nos diamantes.

João Lourenço disse quinta-feira em Lisboa estar à espera de poder contar com a ajuda dos homens de negócios portugueses para a diversificação da economia do seu país, tendo acrescentado “queremos deixar de viver do petróleo.”

“Angola tem potencialidades e é intenção do governo desenvolver os recursos existentes para dessa forma diversificar a economia e sair da crise que já leva algum tempo”, disse o presidente angolano.

Quinta-feira, João Lourenço discursou perante os deputados da Assembleia da República, tendo salientado estar o governo a que preside envolvido em “duas frentes de batalha” – o combate à corrupção, que “corrói” as bases do desenvolvimento, e a diversificação da economia angolana, onde os “principais agentes devem ser os investidores privados, nacionais e estrangeiros.”

Antes da sessão no parlamento e após uma cerimónia de recepção com honras militares na Praça do Império, em Lisboa, o Presidente português Marcelo Rebelo de Sousa e João Lourenço, acompanhado de sua mulher, Ana Dias Lourenço, entraram no Palácio de Belém para um encontro privado.

No final do encontro, Rebelo de Sousa anunciou que Portugal e Angola assinam hoje, sexta-feira, acordos nas áreas da educação, saúde, cultura, justiça, economia e finanças. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH