Moçambique recebe 83,4 milhões de dólares com leilão de frequências para telecomunicações móveis

4 December 2018

O governo de Moçambique espera vir a arrecadar para os cofres do Estado 83,4 milhões de dólares com o leilão de frequências para operadores móveis de telecomunicações realizado em Novembro, segundo um comunicado oficial recentemente divulgado.

O Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique informou que as empresas Vodacom Moçambique, Movitel e Mcel (Moçambique Celular) foram as operadoras de telefonia móvel celular que participaram no leilão para a atribuição de direitos de utilização de frequências nas faixas de 800MHz, 1800MHz e 2,6GHz, realizado no dia 8 de Novembro, em Maputo.

O comunicado adianta que os leilões para os cinco lotes na faixa de 1800 MHz e os nove lotes na faixa de 2,6 GHz ficaram desertos, tendo sido apresentadas propostas unicamente para os nove lotes na faixa de 800 MHz.

O pagamento dos lotes vai ser efectuado por fases, sendo que a primeira prestação, correspondente a 34% do valor apurado, deverá ser paga no acto de consignação das frequências, tendo os duas restantes de 33% cada uma lugar em 2019 e 2020. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH