Concessão da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, em Moçambique, prorrogada por mais 15 anos

12 December 2018

O prazo do contrato de concessão da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) foi prorrogado por mais 15 anos, ao abrigo de um decreto terça-feira aprovado pelo governo, anunciou a porta-voz do Conselho de Ministros de Moçambique.

Ana Comoana disse ainda que a prorrogação do prazo da concessão visa viabilizar a oferta pública de venda de acções da HCB, além de permitir a continuidade do projecto de renovação do aproveitamento hidroeléctrico nos próximos 10 anos, estimado em cerca de 500 milhões de dólares.

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, anunciou em Novembro de 2017 que o Estado iria dispersar, através da Bolsa de Valores de Moçambique, 7,5% das acções da HCB numa oferta reservada a cidadãos e empresas moçambicanas.

A Hidroeléctrica de Cahora Bassa, gerida pela empresa com mesmo nome, é detida pelo Estado moçambicano em 92,5%, depois do acordo celebrado com Portugal em 2007, estando os restantes 7,5% nas mãos do grupo português Redes Energéticas Nacionais. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH