Empresa da Alemanha vai produzir documentos de identificação em Moçambique

19 December 2018

A subsidiária moçambicana do grupo alemão Mühlbauer vai passar a produzir os documentos de identificação civil biométricos em Moçambique a partir de Fevereiro de 2019, anunciou o Ministério do Interior.

A Muhlbauer Mozambique Lda. foi a empresa vencedora do concurso internacional lançado pelo governo para a produção de documentos de identificação biométricos, concluído em finais de Novembro de 2017, depois de consumada a rescisão do contrato com a empresa belga Semlex, que assegurava o fabrico desde 2009.

Na última etapa da selecção, a Muhlbauer Mozambique Lda. venceu a UAB Carsu Pasaulis, num processo em que participaram cinco concorrentes, tendo a Brithol Michcoma Mozambique sido classificada em terceiro lugar, enquanto as empresas Zetes e MK Investimentos foram desclassificadas por falta de requisitos ou por terem submetido as suas candidaturas fora do prazo.

À data, o matutino Notícias, de Maputo, citando uma fonte do Ministério do Interior, escreveu que o contrato entre o governo e a empresa vencedora seria assinado ainda em 2017, devendo as operações de produção arrancar em 2018.

Nos termos do caderno de encargos, a Muhlbauer Mozambique Lda. vai assegurar a instalação e fornecimento de sistemas de produção de documentos de identificação civil, de viagem, vistos e de controlo do movimento migratório em mais de 100 postos fronteiriços no país.

O jornal escreveu ainda que o equipamento necessário para a produção dos documentos já se encontra em Moçambique e está a ser distribuído, ao mesmo tempo que já há pessoal em formação. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH