Município do Porto Novo, Cabo Verde, pretende inclusão em projecto sino-cabo-verdiano

27 December 2018

O município do Porto Novo, através do turismo e da agricultura, poderá ser incluído no projecto da Zona Económica Especial de Economia Marítima (ZEEEM) de São Vicente, informou quarta-feira o presidente da edilidade.

Aníbal Fonseca informou ainda que o governo municipal está “a trabalhar fortemente” para que este concelho santantonense faça parte daquele projecto, que está a ser preparado por uma equipa de especialistas chineses e cabo-verdianos.

O presidente da câmara, que recentemente efectuou uma visita à China no âmbito do projecto Zona Económica Especial de Economia Marítima de São Vicente, garante que está a fazer tudo para “incluir” Porto Novo neste projecto, localizado em São Vicente, mas que terá impacto em toda a região norte de Cabo Verde.

Os presidentes das câmaras da ilha de Santo Antão já pediram ao governo para que, no quadro do projecto de criação da ZEEEM de São Vicente, seja também levado em conta a segunda fase da ampliação do porto do Porto Novo, para permitir à ilha de Santo Antão entrar na rota do turismo de cruzeiros.

O governo acredita, da mesma forma, que, com a construção do terminal de cruzeiros de São Vicente, já com financiamento assegurado, este tipo de turismo será “um mercado importante” para Santo Antão, que poderá passar a receber até 20% dos navios que aportam ao Mindelo.

O porto, que recebeu, em 2010, obras de expansão e modernização, passou a dispor de 245 metros de cais de acostagem com capacidade para receber navios cruzeiros de médio porte e veleiros.

Em Abril passado, uma equipa da China esteve na cidade de Mindelo a fim de preparar a primeira fase de planeamento da Zona Económica Especial de Economia Marítima de São Vicente.

A equipa da China era composta por 17 especialistas, encontrando-se nela representantes de “grandes empresas” chinesas, de acordo com a agência noticiosa Inforpress, que acrescentou ser a equipa de Cabo Verde constituída por técnicos do Instituto Nacional de Gestão do Território, dos ministérios das Finanças, dos Negócios Estrangeiros, da Economia Marítima, do Turismo e dos Transportes, em número não-quantificado. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH