Economia de Angola contrai-se 1,6% no terceiro trimestre de 2018

15 January 2019

Angola registou uma contracção económica de 1,6% no terceiro trimestre de 2018 e encerrou esse ano com uma taxa de inflação de 18,6%, informou segunda-feira em Luanda o Instituto Nacional de Estatística (INE).

José Calenge, técnico do Departamento de Contas Nacionais e Coordenação Estatística do INE, disse que a queda homóloga verificada no Produto Interno Bruto no terceiro trimestre ficou a dever-se ao mau desempenho de sectores como o petrolífero, dos diamantes e agrícola.

No período em análise o sector dos petróleos teve um desempenho negativo de -10,6%, diamantes (-16,5%), agro-pecuária (-2,3%), pescas (-18,9%), transportes (-5,9%), telecomunicações (-3,5%), entre outros.

Trata-se do terceiro trimestre consecutivo de recessão na economia angolana em 2018, depois das quebras de 4,6% no primeiro trimestre e de 7,4% no segundo trimestre, segundo dados anteriormente divulgados pelo INE.

Dados do INE indicam que o terceiro trimestre de 2017 foi o último em que a economia em Angola apresentou crescimento, de 2,79% do PIB, face ao mesmo período do ano anterior.

A taxa de inflação de 2018, por seu turno, ficou 60 pontos base acima da previsão governamental inscrita na proposta de lei de Orçamento Geral do Estado para 2019, que foi apresentada no parlamento em Outubro passado e entretanto já aprovada.

Antes desta revisão em baixa, o governo previa uma inflação de 28,8% para todo o ano de 2018. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH