Valor do comércio entre a China e países de língua portuguesa supera 134 mil milhões de dólares de Janeiro a Novembro de 2018

O valor das trocas comerciais entre a China e os oito países de língua portuguesa ascendeu a 134 981 milhões de dólares no período de Janeiro a Novembro de 2018, um aumento homólogo de 25,27%, segundo dados oficiais chineses divulgados pelo Fórum de Macau.

Nos primeiros 11 meses do ano a China exportou bens no valor de 38 311 milhões de dólares (um aumento homólogo de 16,10%) e importou mercadorias cujo valor atingiu 96 669 milhões de dólares (+29,31%), assumindo um défice comercial de 58 358 milhões de dólares.

O Brasil, o principal parceiro comercial mundial da China e que no caso dos países de língua portuguesa representou no período em análise 75% das trocas comerciais totais, vendeu à China produtos no valor de 70 666 milhões de dólares (+31,40%) e comprou bens no montante de 30 887 milhões de dólares (+17,65%).

O comércio bilateral entre a China e o Brasil ao longo dos primeiros 11 meses do ano apresentou um crescimento homólogo de 26,89%, segundo os números oficiais chineses.

Angola surge em segundo lugar por ordem de valor, com trocas comerciais no montante de 25 362 milhões de dólares (+22,78%), com a China a ter vendido bens no montante de 2046 milhões de dólares (-2,36%) e a ter comprado produtos no valor de 23 315 milhões de dólares (+25,62%).

Portugal aparece em terceiro lugar com um comércio bilateral no valor de 5535 milhões de dólares (+7,49%), resultado de exportações chinesas no montante de 3447 milhões de dólares (+7,05%) e exportações portuguesas que atingiram 2088 milhões de dólares (+8,23%).

O comércio bilateral da China com Moçambique atingiu no período em análise 2324 milhões de dólares (+37,66%), com a China a ter vendido bens no valor de 1734 milhões de dólares (+43,89%) e a ter comprado produtos no valor de 589 milhões de dólares (+22,11%).

As trocas comerciais da China com os restantes países de língua portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste – atingiram 205 milhões de dólares. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH