Palestras sobre aumento da produção em Angola iniciam-se em Luanda

28 January 2019

O governo de Angola, através do Ministério da Economia e Planeamento, realiza hoje, segunda-feira, em Luanda, a primeira de um ciclo de palestras sobre “As Medidas de Apoio ao Aumento da Produção Nacional”, de modo a reduzir as importações e aumentar as exportações, segundo informação oficial.

Depois da capital, haverá lugar a palestras regionais nas províncias de Benguela, Huambo, Bié, Moxico, Huíla, Uíge e Cabinda, com associações empresariais locais, com vista a recolher subsídios e informar os passos que estão a ser dados para melhorar o ambiente de negócios e a competitividade da produção nacional.

A palestra de Luanda contará com intervenções dos ministros da Economia e Planeamento, Agricultura e Florestas, Pescas e do Mar, Indústria, Turismo, Recursos Minerais e Petróleos, Finanças, Justiça e Direitos Humanos, Comércio, Ordenamento do Território e Habitação, Interior, Energia e Águas, Construção e Obras Públicas, Ambiente e da Saúde, assim como do governador do Banco Nacional de Angola.

A seguir às palestras regionais, Luanda acolhe em Março próximo a conferência nacional sobre as medidas de apoio à produção nacional, segundo um comunicado do Ministério da Economia e Planeamento.

A iniciativa surge na sequência da aprovação, a 13 de Novembro de 2018 pela Comissão Económica do Conselho de Ministros, do Plano de Acção para aumentar a competitividade da produção nacional de bens do cabaz básico e de outros de origem nacional prioritários.

O plano de acção resultou de uma proposta dos titulares dos departamentos ministeriais da Economia e Planeamento, Finanças, Agricultura e Florestas, Pescas e do Mar, Indústria, Comércio e Saúde, bem como do governador do Banco Nacional de Angola.

O referido plano pormenoriza propostas de acções que podem ser executadas nas fileiras produtivas de 46 produtos, com a finalidade de, no âmbito do Programa de Apoio à Produção Nacional, de Substituição de Importações e de Promoção de Exportações (Prodesi), acelerar as iniciativas privadas susceptíveis de permitir, no curto, médio e longo prazos, aumentar a produção do país. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH