Governo de Moçambique extingue empresa que geriu a construção da ponte Maputo-Catembe

20 February 2019

O Governo moçambicano anunciou a extinção da Maputo-Sul, empresa promotora e gestora da construção da ponte Maputo-Catembe, das estradas de ligação Maputo à fronteira da Ponta D’Ouro, Boane à Bela Vista, e da estrada circular de Maputo, segundo escreve a Agência de Informação de Moçambique (AIM).

A decisão foi anunciada pela porta-voz do Governo, Ana Comoana, após a reunião do Conselho de Ministros, que teve lugar em Maputo.

Segundo o ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Osvaldo Machatine, as obras já estão praticamente concluídas, pelo que não faz sentido a manutenção da empresa.

“Como estes empreendimentos, sobretudo este que ditou a criação da empresa, que tem a ver com a ponte Maputo-Catembe e as estradas de ligação, chegou ao seu término… achamos que é a altura de extinguir esta empresa”, explicou Machatine.

A ponte foi inaugurada a 10 de Novembro de 2018 pelo Presidente da República, Filipe Nyusi.

Segundo o ministro Machatine “o próximo desafio é a manutenção e gestão das infra-estruturas, incluindo a assistência aos bairros de reassentamento, que surgiram durante a implementação das obras.

A Maputo-Sul contava com um efectivo de 107 funcionários, dos quais 70 por cento já se encontram a operar nas três portagens da rede, nomeadamente, a da ponte Maputo-Catembe, a do rio Maputo, na localidade de Salamanga, distrito de Matutuíne, e a da ponte sobre o rio Incomáti, localidade de Macaneta, distrito de Marracuene, todas as pontes situadas na província meridional de Maputo.

O ministro apontou a Administração Nacional das Estradas (ANE) e o Fundo das Estradas, como sendo as instituições de Estado que devem garantir a gestão das referidas infra-estruturas.

A construção da ponte Maputo-Catembe e as estradas de ligação arrancaram em Junho de 2014, e custaram 785 milhões de dólares norte-americanos, dos quais 95 por cento desembolsados pelo Exim Bank da China e o valor remanescente pelo governo moçambicano.

Com cerca de 74 quilómetros, a estrada circular de Maputo comporta a cidade de Maputo e Marracuene. Por lado a estrada que liga o distrito municipal da Catembe à Ponta D’Ouro possui uma extensão de cerca de 170 quilómetros. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH