Empresa portuguesa pretende produzir frangos em São Tomé e Príncipe

A empresa portuguesa Biaut – Automação Industrial está a negociar com as autoridades de São Tomé e Príncipe a instalação de uma unidade de produção de frangos com uma capacidade anual de 30 toneladas de carne, disse o director da subsidiária.

Pedro Garcia, director da Sistema Técnico do Comércio (STC), empresa criada em São Tomé e Príncipe pela Biaut – Automação Industrial, esteve no fim-de-semana na capital do arquipélago onde se encontrou com o secretário de Estado do Comércio, Eugénio Graça, e com o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus.

No final da audiência concedida pelo primeiro-ministro, o director da STC disse que o projecto visa tanto a satisfação do consumo local bem como a exportação, sendo que a produção em termos unitários está estimada em 1,6 milhões de frangos por ano.

Pedro Garcia disse ainda que o investimento inicial previsto de 18 milhões de euros “é rentável”, facto que foi determinado com a realização de um estudo de viabilidade económica, segundo a agência noticiosa Lusa. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH