Governo de Angola pretende obter 80 milhões de dólares com a venda de 7 empresas

1 March 2019

O governo de Angola espera obter um encaixe de pelo menos 80 milhões de dólares com a privatização das primeiras sete empresas de um conjunto de 52 unidades industriais instaladas na Zona Especial Económica Luanda-Bengo, segundo fonte oficial.

Gilberto Luther, administrador do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE), anunciou que o concurso público para a venda daquelas unidades, oficialmente aberto quinta-feira, termina dia 31 de Março.

O administrador, que fazia uma apresentação a gestores públicos e empresários, salientou ter o IGAPE recebido já propostas de investidores nacionais e estrangeiros interessados na aquisição de algumas daquelas empresas.

O preço de venda das unidades industriais, segundo Gilberto Luther, vai de três milhões a 18 milhões de dólares, mas o valor de cada uma deverá ser analisado em concreto, segundo a agência noticiosa Angop.

O Estado angolano está de momento a alienar as empresas Univitro, Juntex, Carton, Absor, Indugited, Coberlen e a Saciango, sendo que apenas uma está em funcionamento, não tendo as demais operado desde a criação da ZEE, a Outubro de 2009, embora possuam equipamentos.

A Univitro produz vidro e tem neste altura 17 trabalhadores em situação regular, a Juntex está vocacionada para a construção e distribuição de estruturas de betão, a Carton de cartolinas e caixa de cartões, a Absor de fraldas e toalhitas, a Indugited de produtos de higiene, a Coberlen de cobertores e a Saciango está vocacionada a produção de sacos para a indústria de cimento e outras.

O presidente do Conselho de Administração do IGAPE, Walter Barros, disse que, ainda este ano, serão submetidas a concurso público as outras unidades industriais instaladas na ZEE.

A ZEE está implantada numa área de 8300 hectares infra-estruturada com água, electricidade e vias rodoviárias, mas a sua capacidade eléctrica instalada deverá ser aumentada à medida que o número de unidades no local for crescendo. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH