Moçambique recebe visita de missão técnica do Fundo Monetário Internacional

6 March 2019

Uma missão técnica do Fundo Monetário Internacional (FMI) chega à capital de Moçambique na próxima sexta-feira, dia 8 de Março, para novas consultas com o governo moçambicano que continuam a ter como pano de fundo as chamadas dívidas ocultas, informou a instituição multilateral.

Na sequência da revelação das dívidas ocultas pelo Wall Street Journal, em 2016, o FMI suspendeu um programa de ajuda financeira a Moçambique, no que foi acompanhado pelos restantes países e organizações multilaterais que prestavam apoio directo ao Orçamento de Estado do país.

A instituição financeira internacional defendeu sempre a responsabilização das pessoas envolvidas nos controversos empréstimos e emissão de euro-obrigações de três empresas públicas no valor de mais de dois mil milhões de dólares, avalizados pelo Estado à revelia do parlamento.

O então ministro das Finanças Manuel Chang encontra-se detido na África do Sul, onde aguarda o desfecho de dois pedidos de extradição para responder perante a justiça, apresentados em primeiro lugar pelos Estados Unidos e, posteriormente, por Moçambique.

O porta-voz do FMI, Gerry Rice, disse terça-feira em Washington, ao anunciar a deslocação, que a equipa técnica vai analisar as medidas de política monetária recentemente adoptadas pelo Banco de Moçambique.

Rice disse ainda que além do mediático caso das “dívidas ocultas”, farão parte da agenda do corpo técnico do FMI a actualidade macro-económica de Moçambique e perspectivas de curto, médio e longo prazo.

A anterior visita de uma missão técnica do FMI a Moçambique teve lugar em de 6 a 19 de Novembro de 2018. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH