Clientes públicos e privados devem 15,8 milhões de dólares à Angola Telecom

7 March 2019

A dívida contraída por empresas públicas e privadas junto da Angola Telecom ascende a cinco mil milhões de kwanzas (15,8 milhões de dólares), disse quarta-feira em Luanda um membro da comissão de gestão.

Bartolomeu Pereira, que revelou que a empresa tem na sua base de dados 50 mil clientes, de que apenas 20 mil pagam pelos serviços prestados, informou que os clientes faltosos estão a ser contactados a fim de pagarem os valores em falta, para que o processo fique concluído antes do início da privatização.

Aquele responsável, citado pela agência noticiosa Angop, salientou que a privatização da empresa iniciar-se-á este ano, estando a decorrer mas em fase de conclusão o processo de avaliação do património e activos.

O membro da comissão de gestão disse ainda que o potencial investidor encontra na Angola Telecom um activo que inclui as pessoas, os investimentos feitos pelo Estado que rondam 80 milhões de dólares, uma licença de telefonia móvel, presença em todo o território do país e infra-estruturas físicas.

Bartolomeu Pereira reconheceu que a situação financeira da Angola Telecom “não é das melhores.”

A Angola Telecom é uma empresa pública de telecomunicações e multimédia fundada em 1992, pelo Decreto nº 10/92 de 6 de Março, como resultado da fusão das antigas empresas estatais Enatel (Empresa Nacional de Telecomunicações) e Eptel (Empresa Pública de Telecomunicações), sendo detentora de uma licença global para exploração de vários serviços, entre os quais de telefonia móvel.

A empresa está a ser dirigida por uma comissão de gestão nomeada a 29 Novembro de 2018 para conduzir o processo de reestruturação da empresa, que culminará com a sua privatização parcial em 45%. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH