Banca a operar em Angola prefere fornecedores estrangeiros de tecnologias de informação

28 March 2019

A quase totalidade dos bancos comerciais inquiridos pelo Banco Nacional de Angola (BNA) prefere fornecedores estrangeiros de tecnologias de informação, disse quarta-feira em Luanda um responsável do banco central.

O director do departamento de tecnologias de informação do banco central, Marcelino Hiyekwa, disse que dos 28 bancos que operam no país apenas 20 responderam ao inquérito, tendo 19 manifestado preferência por fornecedores estrangeiros e apenas um por nacionais.

As justificações apresentadas para a preferência por fornecedores estrangeiros incluem a limitação dos recursos humanos, financeiros e tecnológicos das empresas angolanas para fornecerem as soluções de que e banca necessita.

Outro dos motivos apresentados tem a ver com o facto de o preço praticado pelas empresas nacionais ser igual ou superior ao pedido pelos fornecedores estrangeiros, segundo a agência noticiosa Angop.

Marcelino Hiyekwa, que falava no terceiro ciclo anual de palestras sobre ” Tecnologias de informação para o sistema financeiro angolano”, referiu que apenas 18% dos bancos a operar no país desenvolvem internamente os seus serviços de tecnologias de informação. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH