China quer aprofundar relacionamento com São Tomé e Príncipe

A China pretende que a parceria global com São Tomé e Príncipe atinja um nível mais elevado, garantiu o primeiro-ministro Li Keqiang, em declarações proferidas quinta-feira em Boao, ilha de Hainão.

Li Keqiang encontrou-se com o primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, que se deslocou à China para participar na conferência anual do Fórum Boao para a Ásia, a decorrer de 26 a 29 de Março corrente.

O primeiro-ministro chinês disse ainda ao seu interocutor que a China pretende aprofundar o seu relacionamento bilateral com São Tomé e Príncipe, depois de em Dezembro de 2016 terem sido restabelecidas as relações diplomáticas entre os dois países.

“Desde essa data, a confiança política mútua tem crescido e foram alcançados resultados importantes em diversas áreas”, disse ainda Li, segundo a agência noticiosa Xinhua.

Jorge Bom Jesus disse, por seu turno, que São Tomé e Príncipe acolhe com agrado as empresas chinesas que queiram investir no arquipélago e mencionou as pescas, turismo e infra-estruturas como alguns dos sectores necessitados de investimento.

Antes de seguir para a ilha de Hainão, O primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe foi recebido em Xangai pelo presidente do município, Ying Yong, tendo aproveitado a oportunidade para apelar aos empresários daquela cidade para investirem no arquipélago. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH