Bancos comerciais de Angola obrigados a conceder crédito a taxa de juro reduzida

3 April 2019

Os bancos comerciais a operar em Angola têm de aplicar uma taxa de juro igual ou inferior a 7,5%, contra os 26% actuais, aos pedidos de concessão de crédito à economia, com destaque para a agricultura, segundo um aviso do Banco Nacional de Angola.

O aviso do banco central, apresentado terça-feira às associações empresariais, estipula ainda que os bancos comerciais são também obrigados a afectar pelo menos 2,0% do valor total do activo registado no balanço do ano precedente na concessão de crédito à taxa definida.

O aviso citado pela agência noticiosa Angop adianta que os bancos que não atingirem a meta estabelecida deverão justificar detalhadamente as razões para tal e referir o plano de acção para o seu cumprimento.

Caso o BNA não considere as justificações a serem apresentadas pelos bancos comerciais, poderá aplicar multas e outras penalizações, assim como recomendações para assegurar o cumprimento dos objectivos estabelecidos.

O aviso, apresentado pelo administrador para estudos económicos e estatísticos do BNA, Pedro Casto Silva, refere que os bancos devem aplicar critérios de avaliação e gestão de risco adequados em todas as operações de crédito, bem como assegurar o cumprimento das suas obrigações em matéria de prevenção de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.

Os activos do sistema bancário, até 31 de Dezembro de 2018, estavam avaliados em 13 biliões de kwanzas, o que quer dizer que o montante de crédito disponível para este programa será de 260 mil milhões de kwanzas, segundo aquele administrador do Banco Nacional de Angola. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH