Exportações do Brasil para a China quase totalmente concentradas em matérias-primas

9 April 2019

Os produtos industriais brasileiros representam uma parcela minúscula na totalidade das exportações para a China, tendo-se situado em apenas 2,31% do total exportado para aquele país no primeiro trimestre de 2019, escreveu a Comex do Brasil.

A Comex informa que, uma vez terminado o primeiro trimestre do ano, a China manteve-se como o principal parceiro comercial do Brasil, posição alcançada em 2009, mas acrescenta que os produtos industriais representaram somente 312 milhões de dólares de um total de 15 523 milhões de dólares.

Dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia indicam que a China foi o destino final de 25,7% das exportações totais do Brasil no trimestre agora findo, sendo o segundo lugar ocupado pelos Estados Unidos, que importaram bens brasileiros no valor de 6667 milhões de dólares.

A Comex menciona ainda o facto de, apesar da forte concentração em matérias-primas, as vendas para a China terem iniciado 2019 com um crescimento robusto de 13,56% no primeiro trimestre, as exportações para os Estados Unidos cresceram apenas 4,5%.

O Brasil importou da China nos primeiros três meses do ano produtos no valor de 10 228 milhões de dólares, 24,3% das importações totais brasileiras e um crescimento de 31,6%, proporcionando ao Brasil um saldo comercial de 3297 milhões de dólares.

O saldo positivo obtido pelo Brasil no seu comércio com os Estados Unidos ascendeu a 143 milhões de dólares.

A Comex afirma que a quota de matérias-primas nas exportações para a China ser de 87,8% ou quase 90%, o que acontece pela primeira vez na história do comércio sino-brasileiro, é motivo de grande preocupação para o governo e para o sector produtivo brasileiros.

O sítio escreve também que se a quota das matérias-primas cresceu de forma consistente no período em análise, a exportação de bens industriais registou uma contracção homóloga de 35% para o valor mencionado de 312 milhões de dólares.

A Comex Brasil é uma página electrónica lançada em Janeiro de 2013 com o objectivo, segundo os seus promotores, de “transformá-la em fonte segura e fidedigna de informação e análise de temas ligados principalmente ao comércio externo e ao agro-negócio.”(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH