FMI prevê que economia de Macau se contraia ligeiramente para 4,3% em 2019

10 April 2019

A economia de Macau deverá este ano situar-se em 4,3%, uma quebra de 40 pontos base relativamente aos 4,7% registados em 2018, segundo as mais recentes previsões económicas do Fundo Monetário Internacional.

O relatório Previsão Económica Mundial, terça-feira divulgado em Washington, prevê igualmente que a economia de Macau volte a contrair-se em 2020, ao perder uma décima de ponto percentual para 4,2%.

A taxa de inflação medida pela média dos últimos 12 meses sobre os 12 meses imediatamente anteriores oscilará entre 2,5% este ano e 2,7% em 2020, mantendo-se a taxa de desemprego em 1,8% em ambos os anos.

A balança de transacções correntes manter-se-á, ainda segundo as previsões do FMI, com saldos bastante positivos e superiores mesmo aos de 2018, em que se situou em 35,0% do Produto Interno Bruto, com 37,4% e 38,7%, respectivamente.

Numa outra tabela mais alargada, com valores para o Produto Interno Bruto desde 2011, o Fundo prevê que a economia de Macau cresça à taxa de 4,1% em 2024, não apresentando previsões para os anos de 2021, 2022 e 2023.

O relatório do FMI apresenta ainda uma previsão para a evolução da balança de transacções correntes em 2024, com um valor de 41,7% do Produto Interno Bruto. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH