Angola inicia Recenseamento Agro-Pecuário e Pescas 2018-2019

17 April 2019

O Instituto Nacional de Estatística de Angola procedeu terça-feira, em Ondjiva, província do Cunene, ao lançamento do censo piloto do Recenseamento Agro-Pecuário e Pescas (RAPP) 2018-2019, informou um responsável oficial.

O coordenador do Gabinete Provincial do Recenseamento Agro-pecuário e Pescas no Cunene, Pedro Tibério Tutaleni, disse ainda que o censo piloto, que terá uma duração de dois meses, envolve 14 técnicos que estão a trabalhar em 48 aldeias localizadas em dois municípios.

Pedro Tibério Tutaleni adiantou que o objectivo da realização do censo piloto é testar as condições operacionais e corrigir alguns erros de organização para que não se venham a registar falhas, quando se proceder à recolha exaustiva de dados.

Estima-se que nos dois municípios abrangidos pelo censo piloto existam 470 mil bovinos, entre os quais 350 mil no de Cuanhama e 120 mil no de Cahama, segundo a agência noticiosa Angop.

Estes operações estatísticas de pequena dimensão estão a ser realizadas em outras províncias, caso do Moxico, indo ser progressivamente alargadas a outras regiões do país, como sejam o Uíge, Benguela e Cuanza Sul.

O RAPP 2018/2019, que é uma operação estatística exaustiva, vai abranger todo o sector agro-pecuário e piscatório, designadamente o número de unidades agro-pecuárias, distribuição espacial, tipo de propriedade, uso e aproveitamento da terra, posse e usos de meios de produção e tecnologia empregue.

O recenseamento será coordenado pelo Instituto Nacional de Estatística, coadjuvado pelos ministérios da Agricultura e Florestas e das Pescas e do Mar, com apoio técnico do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH