Banco de Cabo Verde revê em alta previsão de crescimento económico para 2019

18 April 2019

O Banco de Cabo Verde reviu em alta a previsão de crescimento económico para 2019, de 4,7% para 5,2%, devido aos “desenvolvimentos económicos recentes” e as “expectativas em torno das políticas macro-económicas”, segundo o relatório de política monetária.

Os números mais recentes das Contas Nacionais divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística indicam ter Cabo Verde registado um crescimento económico de 5,5% em 2018 e de 7,6% no último trimestre do ano passado.

O documento informa que a dinâmica da actividade económica acelerou em 2018, tendo o crescimento verificado, que compara com uma taxa de 4,0% em 2017, sido favorecido pelos efeitos da contínua execução de reformas na administração tributária e dos regimes especiais de recuperação de dívidas fiscais, bem como pelo contexto externo.

“As contas externas também melhoraram devido, entre outros factores, à redução do défice comercial de bens e serviços e à diminuição dos rendimentos pagos aos investidores não residentes, tendo as reservas internacionais líquidas registado um aumento de cerca de oito milhões de euros, passando a garantir cerca de 5,6 meses de importações de bens e serviços”, pode ler-se.

O relatório acrescenta que as contas públicas tiveram um melhor desempenho tendo-se o défice global reduzido de 3,1% para 2,6% e que em consequência da contenção das necessidades de financiamento do Estado e do crescimento acelerado do produto nominal, o “stock” da dívida pública reduziu-se de 126,6% para 123,4% do Produto Interno Bruto.

O documento divulgado pelo banco central cabo-verdiano prevê que a taxa de inflação média anual para 2019 se reduza para 0,9%, abaixo da previsão de 1,4% prevista em Outubro de 2018, devido às perspectivas de uma queda significativa dos preços das matérias-primas nos mercados internacionais e à tendência mais recente da queda dos preços de bens alimentares não transformados. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH