Angola quer aumentar produção anual de diamantes para 14 milhões de quilates

30 April 2019

O governo de Angola pretende aumentar a produção anual de diamantes para 14 milhões de quilates, face aos actuais nove milhões de quilates, disse segunda-feira em Luanda o secretário de Estado para Geologia e Minas.

Jânio Correia Victor, que prestava declarações à margem da apresentação dos dados estatísticos do sector no primeiro trimestre de 2019, disse ainda que o mercado “está estável”, sendo por isso possível alcançar a produção desejada.

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam) facturou 368,66 milhões de dólares com a venda de 2,64 milhões de quilates no primeiro trimestre, um aumento homólogo de 31,5%, tendo-se o preço médio por quilate situado em 139,26 dólares, um acréscimo igualmente homólogo de 6,9%.

Os diamantes comercializados no período em análise provieram de quimberlitos, 94,6%, sendo a diferença para a unidade constituída por diamantes de aluvião, tendo as províncias da Luanda Norte e Lunda Sul sido responsáveis por 93,6% e 6,4% do total, respectivamente. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH