Grupo Toyota quer contribuir para o desenvolvimento de Angola

3 May 2019

O grupo Toyota está interessado em contribuir para o crescimento de Angola, não apenas no sector automóvel, mas nas áreas de infra-estruturas e energia, disse quinta-feira em Luanda o presidente executivo do grupo japonês Toyota Tsusho Corporation.

Ichiro Kashitani disse ainda que o grupo pretende explorar outras possibilidades em que as empresas japonesas possam trazer novas tecnologias para o desenvolvimento integral de Angola, ao prestar declarações no final de uma audiência concedida pelo Presidente João Lourenço.

O presidente do grupo Toyota acrescentou que que esse interesse não tem simplesmente a ver com o desenvolvimento do sector empresarial mas, também, com recursos humanos, concretamente na formação multidisciplinar, segundo a agência noticiosa Angop.

Ichiro Kashitani adiantou ter informado o Presidente angolano do estudo que está a ser efectuado no sentido de expandir as actividades do grupo em Angola no que se refere ao sector automóvel, não apenas na comercialização de veículos mas igualmente na introdução de um novo serviço de gestão de trânsito.

“Este é um projecto que já está a funcionar em outros países e esperamos ter a possibilidade de desenvolvê-lo em Angola e mesmo no continente africano”, disse.

A missão da Toyota Tsusho Corporation a Angola tem igualmente por objectivo visitar o porto de Namibe, no sul de Angola, cujo projecto de recuperação, com um custo estimado em 600 milhões de dólares, está a ser financiado pelo governo do Japão.

A visita do presidente da Toyota coincide com a chegada a Luanda do ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Taro Kono, para uma visita de trabalho de 24 horas.

Taro Kono e o seu homólogo angolano, Manuel Augusto, vão presidir às conversações entre as delegações dos dois países, que terminarão com a assinatura de um documento sobre a concessão de assistência não reembolsável para o sector da saúde. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH