Investimentos de empresas da China no Brasil estão concentrados no sector eléctrico desde 2014

8 May 2019

Os investimentos efectuados por empresas da China no Brasil têm estado concentrados desde 2014 no sector eléctrico, geração e transmissão, segundo o Boletim de Investimentos Estrangeiros de Países Seleccionados da Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex).

O boletim, o primeiro que foi elaborado por aquele Secretaria Executiva da Presidência da República, recorda que no período compreendido entre 2010 e 2013 o investimento directo das empresas chinesas esteve concentrado em projectos relacionados com a actividade mineira e a extracção de petróleo e gás.

O mesmo documento informa que no caso dos investimentos confirmados no período de 2003 até ao primeiro trimestre de 2019 os projectos de empresas dos Estados Unidos surgem no primeiro lugar de entre os cinco países considerados – China, EUA, França, Itália e Japão – com um total de 478 ou 41% do total.

O Japão aparece em segundo lugar com 268 projectos ou 23% do total, surgindo a China em quarto lugar com 152 projectos ou 13%, depois da França com 201 projectos ou 17% do total.

No entanto, se a análise se centrar no valor dos projectos, verifica-se que a China surge em primeiro lugar, com 71 293 milhões de dólares ou 38% do total investido.

O boletim da Secretaria Geral da Camex refere que esta última constatação reflecte a dimensão dos projectos, “o que por sua vez está relacionado com os sectores de destino dos recursos.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH