Estatal de Timor-Leste procura financiamento ao abrigo da iniciativa Faixa e Rota da China

14 May 2019

A Timor Gap está a negociar com a China a concessão de financiamento para a construção do novo porto do Beaço, infra-estrutura inserida no projecto Greater Sunrise, disse o presidente da petrolífera estatal.

Francisco Monteiro disse ainda à agência noticiosa Lusa decorrem neste momento as negociações comerciais para a obtenção do crédito necessário para construir o porto, obra cujo custo está estimado em 943 milhões de dólares, tendo ainda garantido que a empresa “não vai depender do Orçamento de Estado.”

A China Civil Engineering Construction Corporation anunciou dia 26 de Abril a assinatura de um contrato com a Timor Gap para a construção do novo porto que se vai inserir na nova unidade de processamento de gás natural em Beaço, no sul de Timor-Leste.

A empresa, uma subsidiária da construtora estatal chinesa China Railway Construction Corporation, indicou em comunicado divulgado através da Bolsa de Valores de Xangai que vai receber cerca de 943 milhões de dólares pelo projecto e construção do porto.

O comunicado informa igualmente que a Timor Gap terá de garantir o financiamento do projecto antes que as obras, que deverão demorar quatro anos, possam ter início.

Francisco Monteiro disse agora àquela agência que o contrato insere-se num processo “diferente” da tradicional contratação pública, fazendo parte de “negociações antigas entre a Timor Gap e a empresa no âmbito da iniciativa chinesa Faixa e Rota.”

O porto de Beaço vai, segundo a Timor Gap, “permitir o desembarque de materiais durante a construção” tanto do gasoduto, que trará o gás natural dos campos petrolíferos de Greater Sunrise, como de uma unidade de processamento de gás natural liquefeito.

Timor-Leste concretizou dia 16 de Abril a compra de uma participação de controlo no consórcio do Greater Sunrise por 650 milhões de dólares, para avançar com o projecto de gasoduto e processamento de petróleo e gás natural na costa sul do país.

Os campos de Greater Sunrise contêm reservas estimadas de 5,1 biliões de pés cúbicos de gás e estão localizados no mar de Timor, a aproximadamente 150 quilómetros a sudeste de Timor-Leste e a 450 quilómetros a noroeste de Darwin, na Austrália. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH