Angola e São Tomé e Príncipe vão analisar dívidas pendentes

As conversações mantidas entre delegações de Angola e de São Tomé e Príncipe permitiram chegar a um acordo no sentido de analisar as dívidas pendentes, anunciou quinta-feira o governo são-tomense no final da reunião do Conselho de Ministros.

Uma fonte da Empresa Nacional de Combustíveis e Óleo disse à agência noticiosa Lusa que São Tomé e Príncipe tem uma dívida para com Angola superior a 187 milhões de dólares apenas no que respeita ao fornecimento de combustíveis.

O comunicado informa que no decurso da visita de três dias da delegação multissetorial de Angola a São Tomé e Príncipe as partes “comprometeram-se a iniciar um novo ciclo de cooperação, atribuindo importância capital à valorização do sector privado, tendo sido já agendada a realização de um Fórum Empresarial em São Tomé em Outubro próximo.”

No final das conversações bilaterais foi anunciado terem as duas delegações reforçado as linhas gerais de cooperação em diversos domínios, ao abrigo de um processo verbal assinado terça-feira.

O documento foi tornado público no final das conversações mantidas na capital são-tomense entre delegações técnicas multi-sectoriais chefiadas pela ministra são-tomense dos Negócios Estrangeiros, Elsa Pinto e pelo secretário de Estado angolano para a Cooperação Internacional, Domingos Custódio Vieira Lopes. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH