Portugal emite dívida pública na China

22 May 2019

Portugal vai efectuar uma emissão de obrigações denominadas na moeda da China no montante de 2000 milhões de yuans ou cerca de 260 milhões de euros, anunciou o secretário de Estado das Finanças em declarações ao jornal português Eco.

Ricardo Mourinho Félix disse ainda que a emissão de “obrigações-panda”, cuja venda será feita dias 29 e 30 de Maio, terá uma maturidade de três anos, sendo provável que a taxa de juro exceda a actualmente paga por Portugal para se financiar.

Portugal está a pagar valores historicamente baixos para emitir dívida pública (a referência a 10 anos está em 1,033%), tendo o secretário de Estado afirmado que a taxa mais elevada a pagar “será o custo por entrar num novo mercado.”

O secretário adiantou que o “objectivo da emissão [de dívida em moeda chinesa] é estar num mercado de grande dimensão e com muita liquidez”, o que irá obrigar a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública a fazer uma operação de cobertura de risco cambial.

O montante colocado à venda é limitado porque é a primeira vez que Portugal emite dívida no mercado da China mas a autorização que o país conseguiu das autoridades chinesas permite a realização de novas emissões no futuro.

Estiveram igualmente envolvidos nesta operação o Banco da China e o HSBC que vão actuar como líderes, tendo o CaixaBI desempenhado o papel de consultor financeiro. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH