Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola aliena 72 empresas

5 June 2019

Setenta e duas empresas do universo empresarial da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) vão ser alienadas, ao abrigo do processo de reestruturação em curso, anunciou terça-feira em Luanda o presidente da estatal.

Sebastião Pai Querido disse que o processo de alienação será conduzido pela própria Sonangol, atendendo ao caráter específico de algumas das 72 empresas, “mas sempre tendo em conta o critério e os princípios aprovados pela estrutura do Estado que está a coordenar esta actividade.”

A venda dessas empresas do grupo Sonangol enquadra-se num programa governamental mais abrangente, ao abrigo do qual deverão ser privatizadas muitas empresas pública através da bolsa de valores, processo a ser conduzido pelo Instituto de Gestão de Activos e Participação do Estado.

O presidente do grupo, que falava na conferência “Angola Oil & Gas 2019”, adiantou que na sequência da separação da sua anterior função de concessionária, têm estado a ser identificados e seleccionados aqueles activos que fazem parte da actuação principal da Sonangol.

A alienação está inserida no Programa de Reestruturação da Sonangol, iniciado em 2018, que visa tornar a Sonangol mais competitiva e rentável, com foco na cadeia primária de valor (pesquisa, prospecção, exploração e refinação de petróleo). (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH