Porto de Moçambique vão manusear mais de 50 milhões de toneladas em 2019

18 June 2019

Os portos de Moçambique poderão manusear, até ao final do ano corrente, mais de 50 milhões de toneladas de carga diversa, superando deste modo a meta estabelecida, anunciou o Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, escreve a Agência AIM.

O ministro disse que a evolução da carga manuseada deve-se, entre outros aspectos, à aquisição de carruagens e locomotivas para o reforço da capacidade do transporte ferroviário de passageiros e carga; conclusão da linha férrea Cuamba-Lichinga; do porto multiuso e da linha férrea de Nacala; melhoria da capacidade da linha férrea de Ressano Garcia; aquisição de meios de fiscalização marítima; e a reforma legal e operacional para a revitalização da cabotagem marítima.

Carlos Mesquita que falava na cidade da Beira, durante o encerramento do 37º Conselho Coordenador do Ministério dos Transportes e Comunicações, Mesquita reconheceu, no entanto, que o sector ferro-portuário de Moçambique necessita de melhorar a sua eficiência e competitividade, apostando no aumento da capacidade do manuseamento portuário e aumento de equipamento rolante, como locomotivas, vagões e carruagens.

“A reforma legal em curso deverá prosseguir, sendo urgente a aprovação da Lei Portuária em elaboração. Na Marinha, a aposta deve ser na consolidação da cabotagem marítima, um modo de transporte estratégico para a circulação de mercadorias internas, dado o potencial da costa moçambicana”, disse o ministro. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH