Projecto de pesca e aquacultura de grupo chinês em Moçambique concluído este ano

19 June 2019

O maior projecto de pesca e aquacultura em Moçambique, liderado pela empresa chinesa Stonechen Comercial – Produtos de Pesca de Moma, avaliado em US$ 100 milhões ficará concluído até ao final do corrente ano, segundo escreve a agência de notícias AIM.

O porta-voz da empresa, Mussa Sarajabo, explicou que a empresa, que dista cerca de 250 quilómetros da cidade de Nampula, capital provincial, está instalada em Moma há nove anos e que 75 por cento das obras já foram concluídas.

Segundo Sarajabo, a empresa irá operar com 85 embarcações, sendo 60 de pesca semi-industrial e as restantes de pesca industrial.

Cerca de 70 por cento do pescado destina-se ao mercado internacional e o remanescente para consumo nacional.

“Estamos em Moma há nove anos e, para além desta fábrica de processamento, o complexo inclui um porto de pesca e uma fábrica de rações”, disse.

O projecto, que empresa duas mil pessoas e processa camarão, lagosta e caranguejo, foi visitado terça-feira pelo governador da província de Nampula Victor Borges.

Quando iniciar a produção, em Outubro, a empresa chinesa que possui estaleiros na cidade da Beira, espera produzir diariamente cerca de 20 toneladas de diferentes frutos do mar. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH